quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Futsal/Masc: "Ancorar" a 1.ª vitória fora?!

Futsal/Masc: AD Fafe vai tentar "encher as arcas"...

Futsal Sen/Fem: Não há duas sem três...

Taça AF Braga com 6 clubes de Fafe envolvidos


Redacção

No sorteio da segunda ronda da Taça AF Braga realizado ontem, dia 17 de Outubro de 2018,  (ainda sem as equipas da Pró-Nacional, que só chegam na terceira eliminatória),  mas já com equipas da Div. Honra, prova que se disputa no fim-de-semana de 10 e 11 de Novembro, ficaram isentas 22 equipas, nenhuma delas do concelho de Fafe.

 Jogos da 2.ª eliminatória

São Tiago Pinheiro- Pica
Sequeirense-Lanhas
Aboim-Dumiense
Fareja-Caldelas
Fermilense-R. Neiva
Rendufe-Merelim S. Paio
Campelos-Gerês
Gondifelos-Maximinense
Adaúfe-Viatodos
Regadas ou Mosteiro-Arsenal
Bairro FC-Operário
MARCA-Este FC
Fradelos-Selho
Stª Eufémia-Ucha
Celeirós-Urgeses
S. Paio-Alvelos
Pedralva-Pousa
Sandinenses-Marinhas
Lousado-Peões
Candoso-Silvares ou V. Gama
Celoricense-Antime
Granja-Vila Chã
Calendário-GD Serzedelo
Gandarela-Alegrienses

Eis as equipas isentas: 

T. Bouro, Martim, Roriz, Rossas, Tadim, Ruivanense, B. Misericórdia, Ponte, ACD Serzedelo, Ronfe, Aldão, Á. Graça, Arco Baúlhe, S. Cosme, Emilianos, Palmeiras, S. Mamede, Louro, Soarense, F. Airão, Esporões e Guilhofrei.





Karaté: Centro Budo Fafe conquista mais três medalhas...


Redacção

CBF conquista três medalhas em Open Internacional da Póvoa de Varzim
No domingo 13 de outubro, realizou-se no Pavilhão Municipal da Póvoa de Varzim, o Open de Karate Póvoa de Varzim.
Este evento internacional contou com a presença de vários países, designadamente: Portugal, Espanha, França, Marrocos, Luxemburgo, Holanda e Angola e cerca de 857 competidores.
O Centro Budo de Fafe fez-se apenas representar por seis atletas: Francisco Oliveira (juvenil); Diogo Leite (cadete); Leonardo Pereira (cadete); Vítor Silva (júnior); João Rodrigues (júnior) e Diogo Marques (júnior).
Todos competiram na disciplina de Kumité (combate) e mostraram-se muito combativos ao longo dos combates que disputaram.
Diogo Leite (- 57 kg) foi imperial ao longo de toda a prova alcançando a final que perdeu por Hantei (decisão arbitral), dado o combate ter ficado 3/3, sagrando-se todavia vice-campeão do seu escalão.
Leonardo Pereira (+67 kg) conseguiu também subir ao pódio, mas desta feita, ficou-se apenas pelo terceiro lugar.
Vítor Silva (- 61kg) conquistou igualmente o terceiro lugar, mas podia ter chegado mais longe não fosse a falta de sorte no primeiro combate disputado.
De destacar a prestação de João Rodrigues que apesar de ter ficado na 7ª posição, esteve brilhante perdendo a possibilidade de lutar pelas medalhas por um erro cometido no último segundo.
“O CBF acredita que os bons resultados irão continuar.” Disse fonte do CBF.

ADC S. Clemente vem de uma boa vitória...

SR Cepanense quer a 1.ª vitória...

Jogo entre dois estreantes...

GDC Serafão regressa após Folga...

Gémeos, Mário e Luís Pereira a "cuscar" o quê ?! ...

Andebol 1: AC Fafe, 22 - SL Benfica, 40 : Não há comparação...


Texto e foto: Abel Castro

Em partida antecipada da 11.ª jornada do Campeonato Nacional de Andebol 1,  por motivos que se prendem com a participação dos encarnados na EHF Cup Masculina, em França,.o Andebol Clube de Fafe recebeu esta noite no Pavilhão Municipal de Fafe a poderosa equipa do SL Benfica que, mesmo vindo de uma jornada europeia, demonstrou em Fafe que é sempre um conjunto candidato à conquista do campeonato.

Os fafenses tiveram uma boa actuação durante o primeiro quarto de hora, mas aos poucos os lisboetas foram dominando e ao intervalo venciam por 19-13.

Os campeões da capital portuguesa demonstraram perante uma casa praticamente cheia, todo o seu poderio, a sua classe e, essencialmente a enorme diferença que ficou bem patente entre dois conjuntos com aspirações totalmente antagónicas, com o resultado final a cifrar-se num 40-22.

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Uma IMAGEM vale mais que 1.000 palavras...

Futsal Fem. - Sub-19: Portugal é CAMPEÃO OLÍMPICO!!!


Redacção/FPF


Portugal conquista o ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude, após triunfo sobre o Japão na final (4-1).
Eletrizante. É o adjetivo que melhor caracteriza a vitória de Portugal sobre o Japão, na final olímpica de futsal feminino que se realizou, esta quarta-feira, em Buenos Aires.
Fifó, com quatro golos, vestiu a pele de heroína no triunfo frente às nipónicas (4-1), mas o feito luso só foi possível graças a uma exibição quase perfeita de toda a equipa às ordens de Luís Conceição.
A Equipa das Quinas iniciou o jogo com confiança e autoridade, mesmo sabendo que o adversário tinha surpreendido a favorita Espanha nas meias-finais. Logo aos oito segundos, Fifó abriu caminho para a vitória portuguesa com um golo do meio da rua, apanhando desprevenida a guarda-redes nipónica.
A universal do SL Benfica teve a oportunidade de finalizar mais duas jogadas do ataque luso antes do intervalo e marcou, também, no reatamento do encontro, somando o seu 21.º golo na prova, e conquistando assim o título de melhor marcadora no certame olímpico de Buenos Aires.
A perder por 4-0, a seleção japonesa não desistiu de lutar nem abdicou da sua estratégia, que passava por dar a iniciativa do jogo a Portugal. No entanto, começou a arriscar mais e a explorar melhor o contra-ataque.
 A tenacidade do Japão trouxe dificuldades à formação lusa, que acabou por sofrer um golo, e desgastou as internacionais portuguesas mais tecnicistas. Entre alguns nervos e ansiedade, Portugal não se desmontou no plano defensivo e voltou a mostrar a sua melhor face, segurando com muita fibra o triunfo folgado e o primeiro lugar no pódio dos Jogos Olímpicos da Juventude.

As Nun'Alvaristas, Telma Pereira, Carina Luís, Leninha e Martinha (na foto em cima) foram pedras basilares neste enorme triunfo, inédito, da Selecção de Portugal.
Seleção Nacional feminina de futsal sub-19 conquistou o ouro 100 por cento vitoriosa. Para se apurar para os Jogos Olímpicos da Juventude, o conjunto orientado por Luís Conceição venceu a Itália, o Azerbaijão e a Ucrânia. 
Na fase de grupos, já em Buenos Aires, as portuguesas somaram triunfos diante de Chile (15-2). República Dominicana (14-0), Camarões (6-0) e Japão (2-0), Nas meias-finais, o conjunto luso alcançou a sua maior goleada ao bater a Bolívia, por 16-2, e na final desta quarta-feira voltou a bater o Japão, desta feita por 4-1.
58 golos marcados
No plano da finalização, a Equipa das Quinas impressionou em Buenos Aires, com 58 golos marcados e apenas cinco sofridos. Fifó, com 21 tentos apontados, foi a goleadora mor da equipa e da competição.
Ficha de jogo:
Pavilhão Tecnopolis, Buenos Aires

Jogos Olímpicos da Juventude


Final
Portugal 4- 1 Japão (3-0)

Árbitros: Nazemi Deylam (Irão), Chiara Perona (Itália), Moreno Sarabia (Venezuela)

Cronometrista: Qingyun Liang (China)

Portugal: Marta Costa, Helena Nunes, Beatriz Sanheiro, Fifó, Telma Pereira - Cap.


Suplentes  utilizadas: Jéssica Martins, Beatriz Silva, Carina Luís, Carolina Rocha, Marta Teixeira.


Treinador: Luís Conceição.

Golos: 1-0 Fifó (8 seg); 2-0 Fifó (9'); Fifó 3-0 (14'); Fifó 4-0 (21')
Disciplina: nada a assinalar




Última Hora..."Rick" é treinador de GR do Pica


Por: Abel Castro

Henrique Costa "Rick", é o novo treinador de guarda-redes da ACD Pica.

O categorizado guarda-redes, ainda pleno das suas capacidades para deitar "uma mãozinha" na equipa principal caso seja preciso, integra a equipa técnica liderada por Rafael Leite.

Para trás ficam vários clubes que "Rick" integrou, não só no nosso concelho de Fafe como fora dele, deixando sempre a sua imagem de marca, não só dentro do campo mas também fora dele, onde é de resto um Gentleman.

Natural de Serafão, concelho de Fafe, "Rick" tem pela frente uma aliciante missão no Pica, onde conta com Tozé, Monteiro e Marcos como guarda-redes da equipa fafense.

Trata-se de um regresso a uma casa que bem conhece, pois "Rick" já foi keeper na ACD Pica e já conta com experiência em integrar equipas técnicas, mais concretamente no GN Álvares onde foi um exemplar colaborador na equipa de futsal feminino.


terça-feira, 16 de outubro de 2018

Futsal Fem: Embaixadoras do GN Álvares fortes...


Fonte: zerozero




2.ª Div. Nac Futsal: Consulta a Classificação Geral...


Fonte: zerozero





Andebol C. Fafe vs SL Benfica é esta 4.ª feira



Ass. Karaté Fafe: Ouro, Prata e Bronze em Open Internacional...


Redacção



AKFAFE SOMA MAIS MEDALHAS EM OPEN INTERNACIONAL OURO, PRATA E DUAS BRONZE

No passado sábado, a AKFafe, participou em mais uma edição do Open de Karaté da Póvoa de Varzim.

Neste Open de 2018 foi batido o recorde de inscrições que passou as mil.

Em competição estiveram atletas nacionais e internacionais com destaque para países como Luxemburgo, França ou Espanha.

De pré-infantis a veteranos todos foram chamados a esta prova que se desenrolou nas vertentes de kata e kumite.
Também o parakarate voltou a marcar presença no Open da Póvoa de Varzim com os karatecas com Trissomia 21 a desenharem as formas do karaté numa competição com regras próprias.

O Pavilhão Municipal recebeu assim este sábado uma verdadeira jornada de karaté: foram 12 horas de karaté onde mais de mil atletas preencheram as oito áreas de competição.

Na sua quarta edição, este Open de Karaté assume-se já como uma marca da cidade que impulsiona o turismo desportivo, sendo também uma prova de realce no circuito competitivo a nível nacional.

A AKFafe fez-se representar com vários atletas de diversos escalões nas vertentes de kata (formas) e de kumite (combate): designadamente:

Tiago Melo, Lara Castro, Matias Teixeira, Diogo Lemos, Dinis Araújo, Francisco Carvalho, Beatriz Sousa, Gabriela Durães, Adriana Oliveira, Ana Martins, João Freitas, Sérgio Moniz, Clarisse Mendes, Andreia Rodrigues e Maurício Domingues, acompanhados pelos treinadores: Jorge Gomes e Sónia Marinho.

De realçar os seguintes resultados, em Kumite: Ana Margarida Martins, em cadetes femininos -54 Kg, conquista o ouro; Andreia Rodrigues +61 Kg, em Kumite Juniores femininos conquista a prata e Mauricio Domingues em Kumite Júnior masculino -71 Kg e Sérgio Moniz em Kumite Júnior masculino +71 Kg, conquistam ambos o bronze. Foram ainda, disputar o bronze, Andreia Rodrigues e Ana Margarida Martins em Kata.

A época ainda vai no início, mas tem-se trabalhado de forma intensa e séria. Só assim os vossos e nossos sonhos são possíveis de serem alcançados.

O dia foi longo, exaustivo, mas o espírito AKFafense superou isso tudo. Continuem assim.

A todos, medalhados e não medalhados, os nossos parabéns. 

Sempre na luta!

AMAF solidária com Minhouene - Moçambique.


Redacção

A AMAF - Associação de Modalidades Amadoras de Fafe, associou-se à campanha de recolha de material pré-escolar para Minhouene, na província de Cabo Delgado - Moçambique.


Pedimos a todos os atletas, agentes desportivos e adeptos que possam contribuir que tragam material pré-escolar: livros (não podem ser manuais escolares), jogos didácticos e material escolar (mochilas, cadernos, lápis, etc.) e entreguem no próximo sábado (20/10) nos seguintes pontos:


- Sede da AMAF (entre as 10h e as 12h);


- Pavilhão da Escola EB 2/3 Montelongo (entre as 9h e as 13h);

- Pavilhão Multiusos de Fafe (entre as 9h e as 20h).

"Ajude-nos a equipar o pré-escolar desta região porque o que nos sobra… é o que mais lhes falta!"

Tragédia no andebol português. Faleceu André Campos...

Redacção
Tragédia no andebol português. 
André Campos, jogador do São Paio de Oleiros, faleceu esta segunda-feira, aos 23 anos, vitimado por uma paragem cardíaca.
O atleta, filho de Amadeu Campos, antigo jogador, acabou por falecer tragicamente durante o treino da sua equipa.
A notícia de morte do jovem atleta originou uma onda de mensagens nas redes sociais, com diversos clubes a endereçarem condolências à família e amigos de jogador, num momento de dor ao qual #FafeDesportivo também se associa.

AMAF: Consulta TODOS os resultados

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

S. Martinho de Agostinho Bento é a equipa sensação...


Por: Abel Castro

A AR S. Martinho, orientada tecnicamente pelo treinador fafense Agostinho Bento, é a equipa sensação da Série A do Campeonato de Portugal.

Assim, a turma do técnico fafense, é a única da Série A que ainda não perdeu um único jogo ao cabo de oito jornadas disputadas, contando com cinco vitórias e três empates e tem ainda a segunda melhor defesa, com somente quatro golos sofridos.

Efectivamente, Agostinho Bento está a realizar um fantástico trabalho desde a temporada passada em que assumiu o comando técnico da turma de Sto Tirso, na altura com apenas 3 pontos, e fruto do seu desempenho a equipa do S. Martinho somou de imediato 18 pontos consecutivos em 6 jogos disputados.
Se atentarmos na força e historial de um FC Vizela, líder, com um orçamento certamente bem superior ao S. Martinho, daí a nossa lógica conclusão em afirmar, até pelos números da classificação, que efectivamente a equipa de Agostinho Bento é nesta altura a sensação da prova.

Segue-se agora a recepção ao vizinho Moreirense FC da I Liga em jogo a contar para a 3.ª eliminatória da Taça de Portugal e depois mais dois jogos em casa, diante do GD Mirandês e do Chaves Satélite.

Portugal vs Japão na Final Jogos Olímpicos da Juventude


Redacção

Portugal vai lutar pela medalha de ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude, já na próxima quarta-feira, diante do Japão, que venceu a Espanha por 3-2 na outra meia-final em Buenos Aires.

Cheira a medalha de ouro é verdade, mas não se pode festejar antecipadamente, até porque uma final é sempre uma final e as nipónicas são sempre imprevisíveis.

Contudo, com cinco vitórias consecutivas e com uma média superior a  10 golos por jogo (10,06), vamos TODOS torcer por Portugal e pelas nossas fantásticas Nun'Alvaristas, Leninha, Telma Pereira, Martinha e Carina Luís, neste momento histórico para o nosso país que alcança a primeira final da sua história.

A final com a selecção nipónica está agendada para quarta-feira, às 22h00 [hora de Portugal continental].

AMAF: G.D Penacova 3-3 S.R Cepanense (Homem golo improvável)


Redacção

No passado sábado a Sociedade de Recreio Cepanense deslocou-se a Penacova, para mais um jogo do Campeonato organizado pela AMAF. A contar para a 2ª Jornada, num campo de reduzidas dimensões, o futebol nem sempre muito praticado pelas partes, não impediu que houvesse muitos golos, tendo acabado num empate 3-3.

A equipa da casa entrou a vencer, quando logo no primeiro minuto num livre estudado com um homem a aparecer isolado na cara de João Mendes. Volvidos 2 minutos, a resposta não se fez tardar. Após um livre que bateu na barreira, a bola é endossada para a ala esquerda aonde Pacheco assiste David Ribeiro (Preto), que respondeu da melhor forma ao cruzamento de Hugo Pacheco e restabeleceu a igualdade.

Após o golo do empate a Sociedade de Recreio Cepanense voltou a carga e a meio da primeira parte Daniel Rélho cobrou um livre de maneira exemplar e colocou um pouco de justiça no marcador.

Após o segundo golo, o Cepanense continuava a praticar um futebol objetivo, e adivinhava-se o terceiro golo para o Cepanense. Após uma defesa para a frente do guardião do Penacova, a remate de Filipe Matos (Sopas), David Ribeiro (Preto) que leva 3 golos em 2 jogos, aproveitou a defesa incompleta do Keeper da casa, e bateu para o seu lado oposto. Em cima do intervalo a equipa do Penacova reduziu para 2-3 através de um canto.

Ao intervalo a vitória ajustava-se aquilo que a equipa do Cepanense tinha feito em campo, visto que teve várias oportunidades de golo.

Na segunda parte o Penacova foi mais afoito e chegou ao golo do empate, num golo que foi marcado manifestamente em posição irregular, mas de nada valeram os protestos dos muitos adeptos e dos jogadores de Cepães. 

Até ao final do jogo o Penacova remeteu se a defesa, tentando sair em contra ataque, enquanto que o Cepanense dispôs de algumas situações para passar novamente para frente do marcador. De realçar um lance já perto do final em que albano é tocado já dentro da área, mas que nem o árbitro principal, nem o arbitro assistente que estava perto do lance nada assinalaram.

Em suma foi um jogo emotivo, com duas equipas que criaram um bom espectáculo, num jogo em que o Cepanense teve manifestamente falta de sorte.


Meia Final de Futsal Fem/Sub-19: Portugal 16, Bolívia, 2


Redacção


Portugal garantiu a presença na final dos Jogos Olímpicos da Juventude ao vencer ao final desta tarde do dia 15 de Outubro de 2018 a sua congénere da Bolívia por expressivos 16-2, em partida disputada no Pavilhão Tecnopolis, na primeira meia-final do torneio olímpico de futsal feminino, que decorre em Buenos Aires .
Este fantástico triunfo colocou a Equipa das Quinas na final da competição, agendada para a próxima quarta-feira. 
Portugal garantiu desde já a conquista de uma medalha no ano de estreia do futsal feminino como modalidade olímpica.
As "Condestáveis" do GN Álvares/Fafe, Leninha, Martinha, Telma Pereira e Carina Luís voltaram a estar em grande plano, com Leninha a marcar um golo, a capitã portuguesa e fafense Telma Pereira a conseguir um "bis" e Martinha a alcançar um hat-trick, ou seja, fantástico! 
Dados da partida:
Pavilhão Tecnopolis, Buenos Aires


Jogos Olímpicos da Juventude

Meias-finais
Portugal  - Bolívia (6-1 ao intervalo)

Árbitros: Roberto Sanchez, Al Bahhar, Mohamed Hassan.
Portugal: Marta Costa, Helena Nunes, Carolina Rocha, Fifó, Telma Pereira - Cap.




Suplentes: Jéssica Martins, Beatriz Silva, Beatriz Sanheiro, Carina Luís e Marta Teixeira.

Treinador: Luís Conceição.

Golos: 1-1 Fifó (5'); 2-1 Fifó (9'); 3-1 Carolina Rocha (14'); 4-1 Telma Pereira (17'), 5-1 Telma Pereira (17'); 6-1 Helena Nunes (18'); 7-1 Beatriz Sanheiro (23'); 8-1 Marta Teixeira (28'), 9-2 Marta Teixeira (29'); 10-2 Fifó (33'); 11-2 Marta Teixeira (34'); 12-2 Carolina Rocha (35'); 13-2 Fifó (38'); 14-2 Beatriz Sanheiro (39'); 15-2 Fifó (39'); 16-2 Fifó (40')

Honra AF Braga: GDRC Sandinenses, 2 - ACD Pica, 2 - Pica reagiu bem...


Por: Abel Castro

A ACD Pica deslocou-se ao terreno do Sandinenses na tarde deste sábado para uma jornada que se antevia difícil.

O Sandinenses tentou tomar as rédeas do jogo, mas o Pica também queria bola o que fez com que o jogo se tornasse muito disputado no meio campo e com que não houvesse oportunidades claras de golo.

Os vimaranenses adiantaram-se no marcador sobre o intervalo quando já toda gente esperava um nulo, mas depois veio a seguir um penalty a favor da turma fafense que Renan Guerra se encarregou de marcar e fez com efeitos imediatos, 1-1 ao intervalo.

Destaque para Renan Guerra, que após ter feito um hat-trick no jogo da passada semana ao GD Louro, voltou a fazer o gosto ao pé nesta jornada. 

A segunda parte foi mais bonita de se ver, com boas jogadas de ambas as equipas, o Sandinenses voltou a chegar à vantagem depois de um livre para área com um homem a aparecer ao segundo poste solto de marcação.

O jogo estava mexido e podia surgir golo para qualquer um dos lados, o Sandinenses podia ter matado o jogo, depois de um contra-ataque apareceu um homem da casa na cara do guardião fafense Monteiro, mas este correspondeu com uma boa defesa.

No lance a seguir, livre a favor da equipa do Pica com bola metida na área, o guarda-redes da casa largou e Tiago aproveitou para restabelecer o empate.

Os minutos até ao fim foram jogados com muito coração, com ataques para ambos os lados, mas o resultado não mais se alterou.

domingo, 14 de outubro de 2018

AMAF: GD Pardelhas, 1 - Amigos Quinchães, 3 - Boas indicações...


Redacção


Jogo que marcou o regresso do GD Pardelhas à competição.

Os Amigos chegaram à vantagem após lançamento de Castro, com Xavi a finalizar, o 2 -0 viria a surgir em mais um lançamento de Castro com um defesa do Pardelhas a introduzir a bola na própria baliza.

O Pardelhas não baixou os braços e Pincha através de um livre exemplarmente marcado, a reduzir para o Pardelhas, resultado a manter-se até ao intervalo.

Segunda parte o ritmo de jogo foi baixando, e seriam os Amigos a ampliar a vantagem através de Bento.

Os Amigos mantêm a senda vitoriosa com dois jogos duas vitórias 9 golos marcados e 2 sofridos.

Os parabéns ao GD Pardelhas pelo regresso e à competição, com uma boa equipa que pode lutar pelos 3 pontos jogo a jogo.

Uma palavra de apreço aos adeptos que se fizeram representar em bom número.

Parte superior do formulário